Renan recomenda que Planalto ‘treine seu pessoal’ para a CPI

[ad_1]

A lista da Casa Civil com 23 acusações à atuação do governo Bolsonaro contra a Covid-19, revelada neste domingo pelo UOL, está sendo considerada “uma boa providência” pelo senador Renan Calheiros, que virá a ser o relator da CPI da Pandemia no Senado. Ele sugere que o governo treine seu pessoal, mas já avisa que “treino é treino, jogo é jogo”.

“Eu acho uma boa providência. Se o governo tivesse feito isso lá atrás, ele teria gastado melhor suas energias, né? Ao invés de tentar interferir nos nossos trabalhos, mudar os nomes dos partidos, mexer na correlação do Tribunal de Contas da União, dificultar e delongar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito. Melhor que o governo coloque o seu pessoal para estudar, treine o seu pessoal, mesmo sabendo que treino é treino, jogo é jogo”, declarou Renan nesta segunda-feira.

O senador tem dito a integrantes da CPI que, mais importante que treinar respostas, será apresentar provas do que falarão à comissão, para provar que não são os responsáveis pelo desastre no enfrentamento da pandemia que já matou quase 400 mil brasileiros. Isso porque, diz ele, o seu relatório será baseado apenas em provas.

O documento da Casa Civil, chefiada pelo ministro Luiz Eduardo Ramos, foi distribuído a 13 ministérios na última quarta-feira, para que cada um respondesse até a sexta que providências tomou com relação aos quesitos elencados pela Casa Civil. Em nota, a pasta afirmou que a coordenação de ações interministeriais é sua função primordial.

“Obviamente, diante da CPI da Covid-19 no Senado Federal, nada mais natural que a Casa Civil reunir todos os dados e números de maneira a esclarecer qualquer questionamento feito no âmbito da comissão, além de se preparar para desmentir narrativas mentirosas que visem apenas atingir e desacreditar o Governo Federal”, afirmou a Casa Civil.

Continua após a publicidade

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *