Medina perde na semifinal do surfe — e Yasmin Brunet protesta nas redes



Com direito a drama nos minutos finais, o brasileiro Gabriel Medina não conseguiu chegar à final do surfe dos Jogos de Tóquioao perder para o japonês Kanoa Igarashi no agitado mar de Tsurigasaki, a cerca de 60 quilômetros da capital japonesa. Sua esposa Yasmin Brunet, que foi impedida de acompanhá-lo no Japão, sofreu em casa, “transmitindo” a prova e suas reações em uma live no Instagram para mais de 40.000 seguidores. No fim, ela considerou que os árbitros “roubaram” a favor do surfista da casa.

O calendário da modalidade estreante foi antecipado devido à aproximação de um tufão na costa japonesa. Campeão mundial em 2014 e 2018 e maior símbolo da chamada “Brazilian Storm (Tempestade Brasileira), Gabriel Medina foi bem nas ondas mais altas que em dias anteriores. Ele somou notas acima de 8 no início da disputa e parecia que chegaria a uma vitória tranquila. No entanto, Kanoa Igarashi conseguiu uma manobra nota 9.33 e conseguiu virar por 17 a 16.76.

Medina ainda tentou reagir nos minutos finais, diante dos gritos de apoio de Yasmin no Brasil, mas viu o sonho do ouro na modalidade estreante ruir. Agora, ele disputará o bronze, enquanto o finalista Igarashi aguarda seu adversário na final, que poder ser o brasileiro Ítalo Ferreira, que na outra semifinal enfrentará o australiano Owen Wright. A final masculina está programada para ocorrer as 3h46 (de Brasília).

 

 



Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.