Holan aposta em conversas individuais com elenco do Santos para facilitar adaptação

[ad_1]

O técnico Ariel Holan aposta em conversas individuais com os jogadores do Santos para facilitar a adaptação ao seu estilo de jogo.

Diferentemente de ex-treinadores como os mais recentes – Cuca e Jorge Sampaoli -, Holan chama atletas com frequência para conversar com a comissão.

Em um desses papos, Ariel Holan convenceu Bruno Marques a ficar. Em outros, falou para Ângelo e Sandry assistirem vídeos de referências da posição, por exemplo.

Holan chama a atenção de quem convive no dia a dia do elenco profissional do Peixe pela dedicação quase que integral ao clube. Em Atibaia, o argentino comandou dois períodos de treinamentos na maioria dos dias e, no tempo “livre”, se reuniu com jogadores ou estudou com a sua equipe.

“Também é muito importante ter uma boa relação com os atletas. O Soteldo pediu para nós após o jogo contra o Deportivo Lara para permanecer alguns dias com seus familiares, então demos essa liberação de quatro dias, mas lamentavelmente ele teve esse problema com o voo. Também fizemos isso com o Jean Mota, que foi papai hoje (quinta-feira) e está no hospital curtindo seu filho. Somos uma família aqui dentro e temos que estar todos juntos. Temos que pensar também nas pessoas, pois os atletas são humanos. Porém, todos nós temos que saber separar as coisas, então no campo de jogo eu sou bem exigente e preciso tirar o melhor de todos eles”, diz Ariel Holan.

Deixe seu comentário

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *