Após período sem contratações com Diniz, São Paulo volta a apostar em reforços com Crespo

[ad_1]

O São Paulo anunciou nesta quinta-feira o seu quinto reforço para a temporada de 2021, e ainda está próximo de firmar a contratação de mais um atleta nos próximos dias. Com isso, Hernán Crespo inicia a sua trajetória no comando do Tricolor de uma maneira bem diferente que o seu antecessor Fernando Diniz.




Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

Durante os mais de 15 meses em que Diniz esteve à frente da equipe do Morumbi, a diretoria anunciou apenas um reforço. Em uma negociação com o Grêmio, o São Paulo trocou o meia Éverton pelo atacante Luciano, que pouco tempo depois se tornaria um dos jogadores mais importantes do elenco.

Após a demissão do comandante, no entanto, a estratégia mudou. A nova diretoria do clube, agora presidido por Julio Casares, decidiu abrir os cofres e trazer novos atletas para o também recém-chegado Hernán Crespo.

Desde que o argentino foi contratado, o Tricolor já anunciou Bruno Rodrigues, Miranda, Orejuela, Éder e William. Nos próximos dias, a tendência é que o meia Martín Benítez, ex-Vasco, complete a lista.

O alto investimento para uma temporada, entretanto, não é uma novidade para o torcedor são-paulino. Em 2019, o clube investiu R$ 149 milhões na contratação dos jogadores Tiago Volpi, Tchê Tchê, Pablo, Hernanes, Daniel Alves, Juanfran, Igor Vinicius, Everton Felipe, Léo, Vitor Bueno, Alexandre Pato, entre outros.

Na ocasião, a equipe avançou até a fase final do Campeonato Paulista (perdeu a decisão para o Corinthians) e classificou-se para a fase de grupos da Copa Libertadores 2020.

Agora, o São Paulo espera que os reforços de 2021 ajudem o clube a enfim sair da fila de títulos, que já dura oito anos.




Mais vídeos em
videos.gazetaesportiva.com

Deixe seu comentário

[ad_2]

Source link

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *