Sandry, do Santos, comenta aprendizado com Aránguiz e Fábregas e agradece a Holan: “Outro nível”

Sandry, do Santos, comenta aprendizado com Aránguiz e Fábregas e agradece a Holan: “Outro nível”

Sandry está animado com o aprendizado sob o comando de Ariel Holan no Santos. E como a Gazeta Esportiva publicou, a “lição de casa” passa por assistir vídeos de Aránguiz, do Bayer Leverkusen (ALE), e Cesc Fàbregas, do Monaco (FRA).

O técnico estimula Sandry a se oferecer nas costas da marcação adversária para esperar a bola chegar de frente, com espaço e facilitar a saída da defesa do Peixe. Para isso, incentiva o jovem de 18 anos por meio de colegas de posição de sucesso.

“Me mostrou do Aránguiz e do Fàbregas e me falou que ia passar de mais jogadores. Não é importante só para mim, mas para todos”, disse Sandry, ao canal “Eu vim de Santos”, do jornalista Felipe Noronha, no Youtube.

Primeiro volante nas categorias de base, Sandry ouve de Ariel sobre a necessidade de aprender a atuar à vontade de 8 ou de 10 também.

“Até a final da Libertadores eu preferia jogar de 5, mas desde a chegada do Ariel percebi que posso jogar de 5, de 8 e 10. Ele me manda vídeos, isso é importante. E me ensina a fazer o melhor independentemente da posição. E hoje não tenho preferência, estou pronto para jogar em qualquer posição”, explicou.

“De 5 tenho a visão toda do campo, de frente. E jogava assim na base. Com Ariel, jogo de 8 ou 10 também. Ele me fala que de 8 posso jogar de frente, recebendo as bolas de lado. E ele está sendo muito importante para mim. Ariel tem um pensamento de outro nível”, completou.

Sandry deve ser esse camisa 8 no time do Santos para enfrentar o San Lorenzo (ARG) na próxima terça-feira, no El Nuevo Gasómetro, pela partida de ida da terceira e última fase da Libertadores da América.

Deixe seu comentário


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code