Na Copa do Brasil, Vasco visita Tombense por fôlego financeiro na temporada

Na Copa do Brasil, Vasco visita Tombense por fôlego financeiro na temporada

A crise financeira do Vasco não é novidade para ninguém, mas o clube pode ganhar um fôlego a mais em seu caixa nesta quarta-feira, quando terá confronto decisivo diante do Tombense-MG, às 21h30, no estádio Almeidão, em Tombos (MG), pela 2.ª fase da Copa do Brasil.

Até agora o Vasco acumula premiação de R$ 2,5 milhões pela participação nas 1.ª e 2.ª fases do torneio. Só que este valor pode ficar ainda maior caso o clube garanta a classificação nesta quarta-feira, já que serão acrescidos mais R$ 1,7 milhão de premiação.

Diante da importância deste confronto, nesta terça-feira a direção vascaína quitou parte dos salários do elenco e de funcionários do clube que estavam atrasados desde o final de 2020. O clube devia para alguns o 13.º e salários de janeiro e fevereiro de 2021.

Nesta segunda fase, o time que vencer ficará com a classificação à terceira. Em caso de empate, a vaga será defina nas cobranças de pênalti. Antes o Vasco eliminou a Caldense-MG num empate por 1 a 1, em Poços de Caldas (MG). O Tombense garantiu vaga ao empatar com o Nova Mutum-MT por 0 a 0, fora de casa.

Em campo, o Vasco jogará contra o Tombense e também diante da própria irregularidade na temporada, já que ainda não teve boas atuações. A boa notícia para este confronto é que o técnico Marcelo Cabo já poderá contar com alguns reforços, caso dos atacantes Léo Jabá e Morato. Além deles, o zagueiro Leandro Castán, o meia Marquinhos Gabriel e o artilheiro argentino Cano também retornam ao time.

O Tombense, atual vice-campeão mineiro, jogará em casa tentando surpreender o time carioca. Os mineiros contam com investimento do empresário Eduardo Uram, dono do time, sendo um clube especializado na formação de jogadores. Na atual temporada, está na briga por classificação à próxima fase do Estadual.

O post Na Copa do Brasil, Vasco visita Tombense por fôlego financeiro na temporada apareceu primeiro em ISTOÉ Independente.


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code