Covid-19: FPF remarca Corinthians e Mirassol para Volta Redonda (RJ)

Covid-19: FPF remarca Corinthians e Mirassol para Volta Redonda (RJ)

Depois de anunciar no início da tarde desta segunda-feira, 22, a suspensão das próximas rodadas do Campeonato Paulista, a Federação Paulista de Futebol (FPF) informou que, após acordo com o governo do Rio Janeiro, realizará na terça, às 21h (de Brasília), no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, a partida entre Mirassol e Corinthians, válida pela quinta rodada do estadual.

A PLACAR apurou que a entidade chegou a cogitar a marcação de uma rodada dupla, com a partida entre Palmeiras e São Bento, adiada pela 3ª rodada, para o mesmo local, mas acabou recuando na medida devido ao temor pelo não cumprimento dos protocolos de saúde. A FPF chegou a remarcar a partida para Belo Horizonte há uma semana, mas o confronto acabou suspenso devido ao anúncio de novas medidas restritivas, proibindo a vinda de equipes de outros estados em território mineiro.

“Saímos de voo fretado amanhã, às 8h, de São José do Rio Preto para o Rio de Janeiro. Temos o aval da FPF e do governo, está liberada a utilização do estádio. Estamos todos em acordo. Temos a liberação para amanhã, ainda não sabemos como será a continuidade do campeonato. É um sacrifício, vamos arcar com as despesas, mas também esperamos uma possível ajuda futura da FPF”, disse a PLACAR o presidente do Mirassol, Edson Ermenegildo.

O clube dormirá no Rio de Janeiro e retornará ao interior paulista somente um dia depois da partida. Pelas redes sociais, circularam informações de que o Mirassol poderia viajar de ônibus ao Rio de Janeiro, enfrentando mais de 855 quilômetros e quase 11 horas de viagem, mas a hipótese, segundo Ermenegildo, sequer foi cogitada.

Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

Continua após a publicidade

Quase 90% de leitos ocupados

Uma pergunta está no ar, e parece não ter resposta adequada ou mesmo aceitável: faz sentido tirar o jogo de São Paulo, de modo a fugir do lockdown, e transferi-lo para uma cidade, Volta Redonda, com 89% dos leitos de Covid-10 ocupados? Evidentemente, as arquibancadas estarão vazias – mas a decisão caminhou na contramão do bom senso.

Mais cedo, após novo encontro com os 16 clubes da Série A1 e representantes de sindicatos, a entidade anunciou pela primeira vez que suspenderia a 5ª, 6ª e 7ª rodadas da competição. A decisão, de acordo com a FPF, foi tomada de forma unânime entre as partes.

Em nota, a Federação diz que “todos estão de acordo que serão necessários esforços para adequar o agendamento dos jogos” e que a competição seria retomada somente a partir do dia 31 de março, mantendo o término para a mesma data projetada inicialmente, em 23 de maio.

Também nesta segunda, os prefeitos do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e de Niterói, Axel Grael , confirmaram novas medidas restritivas em combate à Covid-19, que irá valer a partir da próxima sexta-feira (26). Entres elas está incluída a proibição de partidas de futebol na cidade, mas não no interior do estado.

Nos últimos dados disponibilizados, o Ministério da Saúde registrou 49.293 novos casos e 1.383 novas mortes nesta segunda, 22. No total, são 12.047.526 casos e 295.425 óbitos confirmados em todo o território nacional.

Continua após a publicidade


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code