Copa no Catar será nivelada por baixo. Eu torcerei pelas zebras

Copa no Catar será nivelada por baixo. Eu torcerei pelas zebras

Nesses tempos de pandemia não anda nada fácil comentar sobre futebol, mas sigo zapeando, garimpando alguns joguinhos. Outro dia assisti o Corinthians tomando um sufoco tremendo para vencer o Retrô. Juro, sem querer desmerecer ninguém, mas nunca havia ouvido falar desse clube. Após a partida, o treinador Vagner Mancini certamente deve ter dito que seu grupo vem evoluindo.

Flamengo empatou com o Boavista, Vasco empatou com o Madureira, Fluminense perdeu do Volta Redonda e por aí vai. O Botafogo conseguiu o gol da vitória no apagar das luzes e tive que ler que o técnico Marcelo Chamusca implantou um estilo reativo com ligações diretas e com cruzamentos de jogadores de beirinha do campo! Antigamente esses resultados seriam considerado zebras, mas a Zebrinha que viveu dias de glória no Fantástico hoje vive aposentada, reclusa, nas savanas africanas. Desistiu, claro.

Já que vivemos a fase de todos juntos e misturados bem que a Holanda ou a Bélgica poderiam ser campeãs do mundo, um antigo sonho meu. Também adoraria ver campeões do mundo a Nigéria, Costa do Marfim, Senegal, Marrocos, Argélia. Não seria bem melhor que uma Itália vencer com os onze atrás? Tenho assistido as Eliminatórias e é certo que a próxima Copa do Mundo será nivelada por baixo. Portugal tenta, tenta, tenta, mas não convence. Tudo bem que foi prejudicada contra a Sérvia, mas quer saber, prefiro o futebol dos sérvios.

A Inglaterra atual é bem mais interessante que Portugal. Seria ótimo que nessa Copa, a zebrinha fosse resgatada, voltasse a brilhar. Também assisti River x Racing e Boca x Independiente, nada demais. Alemanha, Espanha, França, sinceramente, se ganharem uma Copa nada mudará no cenário mundial do futebol. Torço para algo surpreendente, que conquiste pela leveza.

Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

Pena Pep Guardiola não ser técnico de alguma seleção. Definitivamente, é o melhor treinador do mundo e há anos vem provando isso. Insisto que adoraria vê-lo dirigindo o Brasil. Sairíamos do marasmo, daríamos uma boa chacoalhada nessa mesmice que vem assolando nossos campos. É estranho pensar assim, mas a seleção canarinha ganhar a Copa pode ser considerado uma zebra. Mas torcerei por zebras autênticas, a começar pelo Carioca. Ou seja, sou Volta Redonda desde criancinha!

Na Copa, mentalizarei por Cruyff, Paul van Himst, Roger Mila, Okocha, Kanu, Didier Drogba, Eto’o, Madjer e Abedi Pelé! O topo maior do futebol precisa de novos ares. A mesmice não tem nos levado a nada, então que a zebra volte e ajude a resgatar o futebol das trevas.

Continua após a publicidade


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code