Boselli considera ida ao Corinthians um erro e afirma ter muito dinheiro para receber

Boselli considera ida ao Corinthians um erro e afirma ter muito dinheiro para receber

Pouco depois de ter deixado o Corinthians, o atacante Mauro Boselli deu uma entrevista polêmica ao site 90min. O argentino entendeu que seu desempenho pelo clube foi abaixo do esperado, mas também ressaltou o dinheiro que tem para receber e disse que tomou a decisão errada ao decidir jogar pelo Timão.

“Me foquei muito no que era o Corinthians como instituição. A qualquer jogador brasileiro que perguntar em qual equipe quer jogar, vai responder Corinthians e Flamengo. Eu senti isso na hora de tomar a decisão e, talvez, me equivoquei um pouco. Nesse momento, não olhei que forma de jogar tinha a equipe. Ou que estilo combinava melhor com meu futebol. Errei na hora de escolher o clube. Se você me perguntar hoje, eu tomaria a mesma decisão, porque o Corinthians é magnífico. Não somente em relação à estrutura, que é espetacular, mas também à torcida e tudo que move o clube. Meu erro foi na escolha. Eu não me encaixava no estilo de jogo do time. Isso dificultou as coisas para mim.”

Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Outra situação que incomodou o atleta foi a exposição da não renovação de seu contrato com o clube. Na série Acesso Total, exibida pelo Sportv, a decisão de não prolongar o vínculo entre as duas partes foi mostrada a todos, sem autorização do argentino, segundo ele próprio.

“Obviamente, eu não fui consultado. Ninguém me disse: ‘Olha, vamos mostrar esse episódio da demissão’. Eu também não esperava que fossem mostrar isso. Mas foi uma formalidade, mais para as câmeras do que pra outra coisa. Eu já sabia, dois ou três meses antes, que não seguiria no Corinthians. Me doeu depois. Me dá um pouco de tristeza pela forma como expuseram na televisão. Mas é parte do que é o Corinthians e do que precisam vender para fora do clube”.

Por fim, Boselli ainda fala sobre a situação da dívida do Corinthians, de quase 1 bilhão que ainda devem ser pagos pelo clube, 121 milhões são para jogadores. Quanto a sua parte a receber, o argentino não fala em números, mas diz estar em contato com a direção para acertar os valores em artraso: “O Corinthians ainda me deve um montão de dinheiro. Estamos vendo uma forma de poder saldar essa dívida”

Deixe seu comentário


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code