Atletas farão exames diários de Covid-19 durante Olimpíada de Tóquio

Atletas farão exames diários de Covid-19 durante Olimpíada de Tóquio

Os atletas que participarão da Olimpíada Tóquio 2020 farão exames diários de Covid-19 durante sua estadia na cidade-sede. Os organizadores dos Jogos apresentaram nesta quarta-feira, 28, uma série de medidas para garantir a segurança do evento. Espectadores estrangeiros já foram barrados e, em junho, será decidido se espectadores locais serão admitidos. Mesmo sem público de fora, mais de 10 mil atletas, treinadores e suas equipes são esperados no período de 23 de julho a 8 de agosto.

Os organizadores, entre eles o comitê dos Jogos de Tóquio, o Comitê Olímpico Internacional (COI), o governo japonês e o Comitê Paralímpico Internacional, disseram em um comunicado conjunto que “acionarão todas as medidas de contenção possíveis e darão prioridade máxima à segurança”. Faltando menos de três meses para a Olimpíada, eles estavam finalizando a segunda edição dos “manuais” que estabelecerão as regras para a realização do evento.

Os atletas e aqueles em contato próximo com eles serão examinados todos os dias. Também deverão usar máscaras em todos os momentos, exceto ao comer, beber, dormir, treinar ou competir. Antes de chegar, terão que comprovar dois exames negativos, não poderão usar o transporte público e terão que comer em locais específicos com medidas especiais de higiene. O documento também diz que todos devem ter um smartphone e baixar dois aplicativos para relatórios de saúde e rastreamento de contatos.

Partes do Japão, inclusive a capital, foram sujeitas a mais um estado de emergência no final de semana, e a maior parte do público japonês acha que a Olimpíada, adiada em 2020 por causa da pandemia, deveria ser cancelada ou remarcada novamente.

A emergência, que deve durar até 11 de maio, exige que restaurantes e bares que servem álcool fechem, assim como lojas grandes, cinemas e outros pontos comerciais, pede que empresas deixem os funcionários trabalharem em casa e exclui espectadores de grandes eventos esportivos.

Embora o Japão não esteja sofrendo tanto com a Covid-19 quanto muitos outros países, a taxa de infecção voltou a subir e atingir níveis vistos pela última vez em janeiro, e cada vez mais são de variantes novas do vírus. Nesta quarta-feira, Tóquio relatou 925 casos novos.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code