Conheça Nabil Fekir, jogador do Betis que está na mira de gigantes europeus

Conheça Nabil Fekir, jogador do Betis que está na mira de gigantes europeus

Nabil Fekir tem atuado bem no Real Betis. Na 28ª rodada do Campeonato Espanhol, por exemplo, durante o jogo contra o Levante, no Estádio Benito Villamarín, ele marcou um bonito gol. Mas, sua contribuição para a equipe andaluz vai além disso.

Com três gols e seis assistências nesta temporada, o francês – campeão do mundo em 2018 – tem sido fundamental para a boa campanha dos Verdiblancos. A equipe de Manuel Pellegrini está para entrar na fase final do Espanhol lutando pela qualificação para as competições europeias – o mais provável é que seja para a Liga Europa, mas a disputa ainda está aberta pela quarta vaga na Liga dos Campeões. E tudo isso, com Fekir na liderança dentro do gramado.

Fekir, atacante de 27 anos, revelado pelo Lyon e que está no Betis desde 2019 possui algumas curiosidades, como o fato de seu clube formador o ter chamado logo aos 12 anos para ingressar em suas categorias de base. Nabil Fekir cresceu em Jaques Monod, um subúrbio de Villerbaunne em Lyon – um bairro onde as oportunidades são escassas -, e desde cedo já se destacou com a bola nos pés.

O meio-campista francês, que tem uma pequena cicatriz no rosto depois que uma tigela de óleo fervente caiu sobre ele quando era criança, quase deixou o Lyon de forma definitiva dois anos após ser contratado. Isso porque aos 14, foi descoberta uma doença no jovem jogador, a Síndrome de Osgood-Schlatter – que causa inchaço e dores nas pernas durante a adolescência.

Depois de atuar por outras três equipes ainda na base (FC Vaulx, Vaulx-en-Velin e AS Saint-Priest) entre 2007 e 2011, Fekir acabou acertando seu retorno ao clube de Lyon, onde atuou na equipe B até 2013 e enfim foi promovido ao time principal – sendo eleito o melhor jogador jovem do Campeonato Francês, a Ligue 1, em 2014/2015, e esteve presente em duas seleções da competição (além de ter sido eleito o melhor jogador do mês de outubro no país, em 2017).

Após ter seu novo contrato com o clube francês, em que incluía até a taxa de sua carteira de motorista no contrato, Fekir acabou negociado com o Real Betis, ao final da temporada 2018/2019. Tornando-se, com isso, o terceiro campeão mundial a jogar pelo clube da LaLiga – depois de Nery Pumpido (campeão com a Argentina em 1986) e Denílson de Oliveira (que venceu o Mundial com o Brasil em 2002).

Nesta temporada de 2020/2021, além de ser muito importante para o clube dentro de campo – com o Real Betis ocupando a sexta colocação com 45 pontos somados até o momento -, Nabil Fekir chegou a ingressar no Top 3 de jogadores com maior número de dribles completos em uma só rodada na competição, a 28ª, disputada no último final de semana.

 

Deixe seu comentário


Source link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code